Ufa! Palmeiras ameniza pressão e vence Fluminense

08:44:00

Não há momento errado para ganhar, vitórias são sempre bem vindas e nunca se tem vitórias em demasia. Mas se havia um momento ideal para se vencer um jogo, era hoje. A partida de hoje disputada no Allianz Parque era essencial para dar tranquilidade para o elenco e para a comissão técnica.

Faziam quatro jogos que eu não sabia o que era ver o Palmeiras vencer. Já estava ficando chato ter que aguentar as provocações dos rivais em relação a termos o melhor elenco do Brasil e sermos franco favoritos para ganhar o título em qualquer campeonato que disputamos. Apesar das frases anteriores serem verdades é extremamente natural a equipe oscilar durante a mudança de filosofia entre técnicos.

Depois da goleada contra o Vasco na abertura do campeonato não é exagero dizer que o Palmeiras não jogou bem seus jogos seguintes. A torcida estava começando a pressionar o elenco por bons resultados e a comissão técnica já tinha dor de cabeças. O nome de Valdívia já era pedido por boa parte da torcida e alguns conselheiros já faziam lobbie pelo chileno. A vitória de hoje traz paz. Guerra se firma como uma das melhores contratações não apenas do Palmeiras mas também do Brasil.

A regularidade do nosso meia é algo surpreendente é fundamental para a equipe, é notável a queda de qualidade quando ele não está. O alerta fica para dois jogadores, Jean fez uma das suas piores partidas desde que chegou ao Palmeiras e Tchê Tchê está irreconhecível já fazem alguns jogos. Um chá de banco para o nosso volante pode fazer bem para recolocar a cabeça do lugar.

Além de Guerra hoje foi um dia especial para Róger Guedes e Fernando Prass. A habilidade do nosso menino é invejável. Grande responsável pelo segundo gol se consagrou nos acréscimos da partida ao fazer o gol que selaria a vitória, se conseguir manter nos próximos jogos o rendimento que teve hoje vai ser importante para o restante da temporada. Já Fernando Prass se recuperou das falhas que sofreu nas últimas partidas ao garantir a vitória com defesas importantíssimas, uma delas nos últimos minutos do jogo.

A partida de hoje não foi perfeita, mas abre o caminho para a continuidade do trabalho em paz.

Ficha técnica:

Local: Estádio Allianz Parque, em São Paulo-SP

Data: 10 de junho de 2017, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa) e Leone Carvalho Rocha
Cartões amarelos: Felipe Melo, Zé Roberto, Roger Guedes e Michel Bastos (PAL); Henrique Dourado e Henrique (FLU)

Público: 33.066 pagantes
Renda: R$ 2.126.138,83

Gols:

PALMEIRAS: Guerra, aos nove minutos do primeiro tempo, Keno, aos 40 minutos do primeiro tempo

FLUMINENSE: Henrique Dourado, aos 18 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean (Thiago Santos), Edu Dracena, Juninho e Zé Roberto; Felipe Melo (Fabiano) e Tchê Tchê; Roger Guedes, Guerra e Keno (Michel Bastos); Willian. Técnico: Cuca

FLUMINENSE: Júlio César; Lucas, Reginaldo, Henrique (Marcos Júnior) e Léo; Luiz Fernando (Nogueira), Wendel, Marcos Calazans e Gustavo Scarpa; Marquinho (Matheus Alessandro) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga





Foto: Raw Images/LancePress





por: Willian Junior

Compartilhe isto

Posts Relacionados