Valeu a pena avançar na Copa Do Brasil?

19:50:00

E agora Palmeiras, o que fazer? No discurso, sempre será dito  que o clube que entra para disputar todos os títulos, não pode escolher o que competir, nem rodar tanto seu elenco, ou rodar elenco, mas na hora do 'pega pra capar', ir com força máxima. Mas há um trevo na minha cabeça, e de todo o palmeirense: COMO CONCILIAR TRÊS TORNEIOS, E UMA MARATONA DE JOGOS, em pouquíssimo tempo?

Segundo os últimos jogos, baixo desempenho e carências detectadas no plantel, o Palmeiras terá dificuldades para superar a super sequência de partidas. Com dados e datas, ficará mais fácil de se compreender o que está sendo questionado. Pois do dia 28 de junho, quando se inicia a fase de quartas de final do mata-mata nacional, até o dia 9 de agosto, quando são encerradas as oitavas de final da competição continental, os clubes terão de se virar com nove rodadas válidas pelo Campeonato Brasileiro.
Serão, no total, apenas 43 dias para as 13 partidas decisivas, o que dá quase uma média de um confronto a cada três dias. Veja abaixo, a sequência desgastante do Palmeiras:

Copa do Brasil,
Grêmio (casa),
Libertadores (fora),
Cruzeiro (fora),
Corinthians (casa),
Vitória (casa),
Flamengo (fora),
Sport (fora),
Copa do Brasil,
Avaí (casa),
Botafogo (fora),
Atlético-PR (casa),
Libertadores (casa)

Isso que nem citek os jogos domingo/quarta e sábado/quarta contra Atlético-MG, Coritiba, Bahia, Atlético-GO...

Pode parecer uma insanidade, mas diante de uma equipe que tenta reencontrar sua identididade, não seria interessante um hiato maior entre jogos, para mais atividades táticas visando treinamentos? Mesmo que siga em pé, o sonho de uma tríplice ou até mesmo quádrupla coroa, o ideal não deveria termos uma equipe robusta e definida, para encarar todos os jogos, com o máximo de intensidade possível? Ou seja, no momento em que escrevo essa postagem, vale de fato ter se classificado às quartas de final da Copa Do Brasil, numa situação que não é favorável no momento?

Questões que vocês podem opinar, e que o futuro nos mostrará. Mas uma coisa é certa, o momento é confuso para a Sociedade Esportiva Palmeiras.




Foto: Cesar Greco




Por: Leonardo Bueno


Compartilhe isto

Posts Relacionados