Uma partida para ser apagada

01:10:00


César Greco
O jogo contra o Cruzeiro? Horroroso, ridículo, memorável só que completamente ao contrário. Mais do que decepcionado, ou bravo, eu estou é pistola, muito pistola. A derrota como ela aconteceu hoje foi inaceitável e com os últimos resultados não é como se eu estivesse esperando por um grande jogo. Mas uma derrota por 3x1 foi inaceitável, foi aquele tipo de derrota que vai doer até a próxima rodada.

Começamos o jogo bem, apesar de uma escalação até certo ponto duvidável para o meio de campo, mas apesar dos pesares o início da partida foi e muita movimentação e volume de jogo para o Palmeiras. Abusando das jogadas pela direita. Chegamos até mesmo a ter um pênalti claríssimo não marcado em cima do Róger Guedes. Fico me perguntando o que o "nobre" árbitro de linha faz, logo que aparentemente está ali de enfeite.


Mesmo com a injustiça, com o volume de jogo não conseguimos abrir o placar e a máxima não falha, quem não faz, toma. Tomamos, de uma forma ridícula. Uma jogada que parecia natimorta resultou num gol bizarro. Com mais uma falha do Prass, num lance onde ele não sabia se ia pro abafa ou ficava no gol. O chute saiu fraco, a média altura mas mesmo assim foi capaz de alcançar o alvo. 10 minutos depois do primeiro gol, num chute despretensioso de fora da área, que acabou desviando no meio do caminho e passando do lado do Fernando Prass aconteceu o segundo gol do time da raposa. Mais uma falha na conta do nosso arqueiro aniversariante. Já posso pedir pelo nosso querido Jaílson ou ainda está cedo?

No segundo tempo conseguimos diminuir a vantagem com uma ótima jogada de Róger Guedes para cabeçada de Willian Bigode. Depois disso tivemos muita correria e pouco cérebro para termos a chance de empatarmos o embate. Elber nos últimos minutos deu número finais para a partida. Um resultado sem cérebro e sem finalizações, que além de deixar qualquer palmeirense bravo é para no mínimo deixar preocupado. 

Nessa semana a novela Diego Souza deve se encerrar, ao menos teremos uma especulação a menos em torno da nossa equipe. A essa altura do campeonato eu não faço a menor ideia do que fala para o time engrenar, nos resta torcer rezar e amar apenas. O trabalho do Cuca é deprimente, gestão Galiote/Leila não fez nada que trouxe resultados em campo, Mattos assina pelo elenco mal montado. O derby é o limite!
Equipe Palmeiras: Twitter 

Compartilhe isto

Posts Relacionados