Palmeiras abocanha uma Coxa e segue no G4!

12:04:00

Palmeiras e Coritiba não fizeram um bom jogo. Por parte palestrina, a equipe demorou a engrenar. Com uma mudança de esquema de jogo, ao retornar ao 4-3-3 com dois pontas e removendo um meio campista do 4-4-2 - no caso Guerra foi ejetado da equipe, a equipe não convenceu. Fez o suficiente para vencer o Coxa, mostrando seguurança defensiva desde o goleiro Fernando Prass, que fez duas defesas monumentais, passando pela estupenda atuação do zagueiro Juninho, o qual fez o feijão com arroz, jogou o simples e mitou. Melhor em campo juntamente com Dudu.

O adversário criou perigo apenas em bolas paradas e um chute de longa distância. Não criava, e quando pouco criou, não foi capaz de superar o Porco. Time sofrível tecnicamente, que foi devidamente controlado pelo Palmeiras.

No meio campo/ataque, Jean 'apenas fez o gol'. Durante a partida, errou praticamente tudo o que tentou e se salvou pelo gol que fez, à lá centroavante, complementando a jogadaça de Dudu - voltou em alto nível a jogar uma partida de forma integral -.

O Verdão criou além do gol, quatro chances agudas para marcar, e esbarrou nas defesas do bom goleiro Wilson. Faltou capricho na pontaria, o qual se não evoluir brevemente, trará problemas. Desde Deyverson que novamente foi técnicamente ruim, e taticamente bom, passando por chutes individuais e afins. Moisés e Tchê Tchê oscilaram durante a partida. O profeta no primeiro tempo foi bem, mas no segundo tempo quis jogar de forma mais refinada, e acabou indo mal. Já Tchê 2X, teve um primeiro tempo apagadíssimo, e uma evolução na etapa final. Principalmente após as entradas de Thiago Santos e Róger Guedes. Thiago foi o cão de guarda de sempre. Liberando o camisa 8 para atacar mais, e fazer uma dupla pelos lados, com Róger Guedes. Já que Keno foi altamente individualista, e atrapalhou muito a ofensividade da equipe, e não ajudou de alguma forma, a dar melhores opções de ataque.

Um capítulo a parte: Borja! Jogou por apenas 10 minutos, e na minha modesta opinião, merece mais tempo de jogo. Não merece ser bancário a tanto tempo assim, apesar dos pesares. Precisa jogar mais, e não ser sacaneado como está sendo.

A tal sequência de seis jogos devisivos para os rumos da equipe no Brasileirão, começou com o pé direito. Além disso, a equipe vem numa sequência de duas vitórias e um empate. E irá procurar seguir com invencibilidade, diante do Fluminense no Maracanã. Partida que será no domingo (24).

Já o Coritiba, entrou na zona de rebaixamento, ocupa o décimo oitavo posto. Com apenas 27 pontos, o Coxa enfrentará o Botafogo, no Rio De Janeiro.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 CORITIBA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data-Hora: 18/9/2017 - 20h
Árbitro: Dewson Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Helcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Público/renda: 24.391 pagantes/R$ 767.222,50

Cartões amarelos: Mayke, Egídio e Edu Dracena (PAL), Alan Santos, Dodô e Henrique Almeida (CTB)

Cartões vermelhos: -

Gols: Jean (39'/1ºT)
PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Jean (Thiago Santos) Tchê Tchê e Moisés; Dudu, Keno (Róger Guedes) e Deyverson (Borja)
Técnico: Cuca.

CORITIBA: Wilson; Dodô, Walisson Maia, Cléber e Carleto; Alan Santos, Matheus Galdezani, Anderson (Iago); Getterson (Rafael Longuine), Rildo e Henrique Almeida (Filigrana). Técnico: Marcelo Oliveira.









Foto: Marcos Galvão/FotoArena










por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados