Aos antis, curvem-se ao CAMPEÃO NACIONAL

11:12:00
Saaaalve Nação Alviceleste!
Que noite épica, que noite sensacional, que noite indescritível. Para um Estádio do Café com mais de 17 mil pessoas, o Londrina sagrou-se campeão da Copa da Primeira Liga sobre o Atlético/MG. O 0x0 no tempo normal fez com que a partida fosse decidida nos pênaltis e a gente já sabe que nos pênaltis a estrela de César brilha. O goleiro defendeu as cobranças de Clayton e Rafael Moura e o Tubarão conquistou o segundo título nacional de sua história.

Simplesmente épico, torcida Alviceleste empurrou o Londrina para a conquista do título. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

O jogo
O Londrina dominou as principais jogadas ofensivas da primeira etapa, porém quem assustou primeiro foi o Galo, Alex Silva aos 7 minutos fez boa jogada mas parou em César, a partir disto o Tubarão anulou a equipe mineira e teve pelo menos três boas chances de marcar, com Rômulo aos 18, Artur aos 19 e Negueba aos 25 minutos. O Atlético/MG voltou a assustar aos 41 minutos, mas Valdivia chutou por cima e a primeira etapa terminou sem gols.

O segundo tempo foi mais equilibrado e com poucas chances para as duas equipes, Valdivia quase marcou olímpico aos 8 minutos, o Londrina respondeu com Dirceu que cabeceou por cima aos 20 minutos. A partir disso a tensão tomou conta da decisão, as duas equipes se fecharam e abdicaram do ataque, tudo indicando a decisão por pênaltis, que foi o que ocorreu.

César, que já havia sido herói na semifinal contra o Cruzeiro era a grande esperança do torcedor Alviceleste, e não decepcionou defendeu as cobranças de Clayton e Rafael Moura e aliado as belas cobranças de Jumar, Edson Silva, Ayrton e Dirceu comemorou junto a torcida o segundo título nacional da história do Londrina.

O Londrina é campeão nacional pela segunda vez em sua história. Foto: Globoesporte.com

Opinião
Meu Deus do céu, que jogo espetacular. Coração novamente passou por um baita teste mas no final o título é nosso torcida londrinense. O Londrina é campeão merecidamente, foi muito superior ao Atlético/MG e anulou praticamente todas as jogadas ofensivas de um time recheado de estrelas, além de dar muito trabalho a defesa Atleticana, o resultado mais justo (se é que isso existe, pois somos campeões, hahahaha) seria a vitória ainda no tempo normal, mas os deuses do futebol haviam programado todo esse sofrimento.

Os atletas Alvicelestes foram frios nas respectivas cobranças e César foi herói novamente, título que entra pra história do clube, nosso segundo título nacional e contra o Galo, vingando a eliminação na semifinal do Brasileiro de 1977. Que a conquista do título sirva como inspiração pra que possamos buscar o milagre do acesso nacional, eu ainda acredito.

Inferno Alviceleste: Torcida foi fundamental na conquista do título. Foto: Douglas Estevam.

Torcida
Sério, qualquer coisa que eu escrever aqui será menor do que a festa do torcedor ontem a noite, a emoção transborda, o corpo todo arrepia ao lembrar de cada momento e meu coração acelera novamente. Assim como contra o Cruzeiro, as vozes de mais de 17 mil Alvicelestes empurraram o Londrina pro título, você torcedor foi fundamental nessa conquista, comemore como nunca, pois você levou o clube a se tornar campeão nacional de novo. Pra quem acha que torcida não ganha jogo é porque nunca torceu verdadeiramente, para você que cantou, gritou, empurrou e vibrou com a conquista, o título é seu também, sem você o Londrina não teria conseguido, juntos nós fizemos história.

Que noite espetacular, que noite iluminada, que título sensacional. O Londrina Esporte Clube é gigante e seu torcedor é espetacular! Nós somos Londrina, nós somos campeões nacionais e aos antis, chorem e curvem-se a nós!

O Brasil é azul e branco, o Brasil é interior, o Brasil é Londrina Esporte Clube!

por Diego Rocha
Siga no twitter a página oficial do Londrina EC
Curta no Facebook a página oficial do Londrina EC

Compartilhe isto

Paranaense, cartoleiro, apaixonado por futebol e principalmente pelo Londrina Esporte Clube!

Posts Relacionados