KENO 3x1 Atlético - GO

10:03:00

O Palmeiras não foi brilhante, não foi inconstante e fez o simples para vencer o fraquíssimo Atlético Goianiense por 3x1, em Goiânia.

Basicamente, Alberto Valentim trocou um cone por um jogador de futebol: Deyverson por Keno. Não que Keno seja o maior jogador do mundo na atualidade, mas ele ontem fez sua melhor partida com a camisa do Palmeiras. Já que o esquema o qual Valentim montou, e que é parecido com o de Cuca (4-3-3), favorecia jogadores como o camisa 27 alviverde. Quando precisava trocar passes e cademnciar a partida, a equipe o fazia. E quando precisava acelerar o jogo pelas pontas, eram bolam para Dudu e Keno arrancarem. Não ao acaso, os três gols palmeirenses surgiram em assistências do meia/atacante de velocidade, conhecido agora por Kenaldinho. [Menos né?!]

No primeiro gol, Keno engatou a sétima marcha, e partiu como um raio até cruzar rasteiro. Com um bloqueio ilegal de Dudu, Willkan ficou com o caminho livre para marcar o tento. Mas, bloqueio ilegal? Na realidade foi um empurrão do capitão palestrino no lateral Jonathan, que fez o Bigodón ficar na boa para marcar o primeiro gol. Gol não foi anulado? Erro de arbitragem? Sim! Mas se não foi marcado, paciência. Diante de um cenário amador da arbitragem brasileira, erros e acertos ocorrem para todos os clubes, ou quase todos. Nesse caso, o Palmeiras foi beneficiado.

No segundo gol, um replay da arrancada à lá Usain Bolt de Keno mas com uma pequena diferença: TOQUE REFINADO. Após ter passado da linha da bola - tamanha velocidade ao arrancar pela ponta direita -, ele se viu com dois marcadores o bloqueando, e fechando espaços para seguir na jogada. Porém, K27 [Outra empolgada? Ah, não]  deu um totózinho entre os defensores, que quebrou a marcação rival e deixou Moisés na boa, para marcar o segundo gol.

Veio o segundo tempo, e o panorama seguiu o mesmo. Palmeiras controlando o adversário como queria, e quando queria atacar, acelerava o jogo pelas pontas. Willian perdeu dois gols inacreditáveis, mas em nova jogada trabalhada na velocidade, Keno 'The Flash' [Terceira empolgada desnecessária/ Vou pedir música no Fantástico] apareceu e cruzou para Dudu marcar de cabeça o terceiro gol e sacramentar a vitória.

Ainda teve um pênalti besta do Mayke, que o Waltinho bolacha converteu/deu uma esnobada no Fernando Prass, com uma cavadinha muito bem feita. Mas nada que apagasse a boa atuação da equipe, e que não foi nada além de uma obrigação  cumprida, diante da PIOR EQUIPE DA SÉRIE A.

No mais, o interino Clark Kent do Palestra, fez alterações normais, mas colocou novamente Borja para poucos minutos. O camisa 9 teve uma chance de finalizar, mas foi pouco tempo e pouco futebol. Triste!

Ah, Deyverson não entrou na partida. [AMÉM?!] ÉRIK entrou na segunda etapa, na vaga de Keno. Que com cãimbras, deixou a partida aclamado pela torcida que em sua maioria era palmeirense. Com direito a PORCO, o animal, na arquibancada.

Em resumo: KENO 3x1 Atlético Goianiense.














Foto: Cesar Greco












por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados