Ponta Grossa/Caramuru estreia com derrota na SuperLiga 2017/2018

08:50:00

O Ponta Grossa/Caramuru Vôlei estreou na SuperLiga masculina 2017/2018 com derrota, diante do Vôlei Campinas/Renata. Os paranaenses sempre iniciavam bem os sets, mas a partir do sexto ponto, víam a equipe campineira deslanchar e controlar a vantagem no placar, numa margem que variava entre três e quatro pontos, nos dois primeiros sets, tanto que a diferença foi a mesma no placar (21 x 25)

Na parte paranaense da partida, a equipe comandada pelo treinador Fábio Sampaio, sofria para encaixar bons saques, e sofria para finalizar ataques, mesmo com um bloqueio antes qurbrado,as que havia evoluído e chegava mais no ataque adversário. Especialmente com os opostos que por mais que fossem bastante acionados, não conseguiam resolver as jogadas.

Já pela parte paulista do embate, a equipe comandada pelo argentino Horácio Dileo, não fez uma partida brilhante tecnicamente. Mas foi eficiente o suficiente para se aproveitar dos erros bobos da equipe ponta grossense - principalmente erros defensivos, com ênfase ao segundo set, que proporciou SEIS pontos em sequência e deixou o score em 2x8 -. Erros muito bem aproveitados por Leandro Vissoto, Junior e Thiago (melhor sacador da partida).

Ainda que no terceiro set a equipe alvinegra tenha equilibrado o confronto, e tenha trocado pontos com a equipe paulista - principalmente com boas atuações dos ponteiros Da Silva e Léo, acabou pagando novamente por erros defensivos, e de contra ataque. A bola não caia, e o Vôlei Renata soube deslanchar novamente na hora certa, fechando o terceiro e último set por 20x25, dando números finais ao jogo em 3x0 aos visitantes.

Ao final da partida, Leandro Vissoto foi eleito o melhor jogador em quadra, com justiça. Por parte do Caramuru, o voto de melhor jogador de sua equipe, na minja humilde opinião, foi para p atleta Léo. Não porque é meu chará, mas ele passou energia aos demais companheiros e não tinha medo de encarar o alto bloqueio rival.

Após o embate, o técnico da equipe paranaense, falou ao VQTTV a respeito da partida, e p por quê a equipe mandante teve problemas para desenvolver seu melhor voleibol.


"Ansiedade foi forte. Estamos num momento de transição e nos acostumando com uma nova casa. Temos a certeza que a equipe irá crescer. Mas por mais que tenhamos equilibrado, a partida em alguns momentos, a equipe deles têm um cara que faz a diferença (Leandro Vissoto)"

Fábio também afirmou que sua equipe perdeu uma grande oportunidade de conquistar a vitória, e que algumas ausências foram sentidas.


" Estamos com alguns atletas lesionados, como os casos de Léo Jack e Zapata, que são experientes e podem fazer a diferença. Porém eles não estão 100% e não puderam nos ajudar. Ainda vejo que a equipe não esteve com o psicológico em seu nível máximo. Temos que tratar cada jogo como uma final, e em alguns momentos eu vi que o psicológico esteve abaixo do esperado. Isso nós iremos cobrar"

E o treinador complementou, afirmando que o espírito da equipe não deve ser diferente, do que se tem trabalhado internamente na equipe.

" Nós tínhamos uma oportunidade de conseguirmos uma vitótia hoje. Não conseguimos e ficamos chateados por termos perdido a oportunidade que tivemos. Temos 22 decisões e podemos recuperar. Mas uma decisão se foi"

Já o ponteiro Medel, afirma que a equipe cometeu erros que não costumam ocorrer.

"Hoje erramos muito. Isso não acontece nos treinamentos e na maioria dos jogos. Mas nada de terra arrasada. Temos que erguer a cabeça, e trabalhar para evoluírmos nos fundamentos"

Próximos compromissos do Ponta Grossa/Caramuru Vôlei serão: Decisão do Campeonato Paranaense vs Palmas, e confrontos contra Sesi e Corinthians pela SuperLiga.











Foto: Reprodução/CBV












por: Leonardo Bueno















Compartilhe isto

Posts Relacionados