Estamos de volta à elite, que comece o projeto 2018.

12:34:00
Fala nação colorada! O objetivo de devolver o Inter para o lugar de onde jamais deveria ter saído foi alcançado. Acabou não sendo da maneira que o torcedor esperava, afinal de contas o Inter dava indícios de que garantiria a vaga com 5 ou 6 rodadas de antecedência, mas uma sucessão de maus resultados nas últimas rodadas impossibilitaram que isso ocorresse. A vaga acabou vindo somente na última terça feira, em um melancólico 0a0 com o Oeste-SP, na Arena Barueri. Faltando duas rodadas para o término da competição, o Inter soma 7 pontos a mais que o quinto colocado e sendo assim não poderá mais ser alcançado.


Esse sem dúvida era o objetivo principal, mas fica a frustração por ter liderado boa parte da competição e ter sido ultrapassado pelo América no fim, embora ainda seja possível o titulo, é bem improvável que isso aconteça, pois o América abriu uma vantagem de 4 pontos que precisará ser tirada nos 6 pontos que restam a serem disputados. Ou seja, o Internacional precisa vencer os dois jogos que restam e torcer para que o clube mineiro faça no máximo 2 pontos, também existe a possibilidade do Inter sagrar-se campeão somando 4 pontos, desde que o clube mineiro não pontue. É sempre bom lembrar que o Campeão da Série B entra direto nas Oitavas de final da Copa do Brasil do ano que vem, eliminando automaticamente 3 fases da competição nacional.
Foto:Divlugação/ Autor desconhecido ( Mensagem que reflete todo amor sentido por esse clube.)

Projeto 2018

Comando técnico:

Com o alívio de ter garantido o retorno a Série A, agora a direção já fala abertamente que começará a trabalhar em cima do projeto para o ano que vem. A primeira definição deverá ser o nome de Tinga para diretor de Futebol, assim como o comandante técnico para esse projeto, os nomes favoritos para assumir a casamata colorada são os de Roger Machado e do maior técnico da história do Internacional Abel Braga. Esperamos que o técnico possa ser anunciado nas próximas semanas, e que com ele venha a ambição de recolocar o Inter no caminho das glórias.

Reforços:

Quem acompanha os jogos do Inter sabe das principais carências do elenco colorado. As contratações ainda são apenas meras especulações, mas todos nós sabemos que para encarar uma Série A com chances de brigar na parte de cima da tabela, o Inter precisará contratar em torno de 8 jogadores , sendo ao menos 5 jogadores a nível de titularidade. Jogadores como Claúdio Winck, Alemão e Gutiérrez não devem seguir para a próxima temporada, já que não tiveram bom desempenho. O primeiro era de se imaginar, afinal de contas estava disputando a Terceirona Gaúcha no time de sub 23, e sempre que foi solicitado entre os profissionais deixou explicitas suas limitações. 

O Inter não vive situação financeira muita confortável, então terá que ser criativo nas contratações, talvez precise até mesmo fazer caixa vendendo algum atleta. Será preciso vasculhar o mercado Sul-americano, buscar bons jogadores que estejam incomodados na reserva dos principais times do Brasil, como Palmeiras, Cruzeiro e Flamengo, ou até mesmo tentar alguma troca de jogadores. Seria interessante até mesmo a retomada da parceria de sucesso com o Empresário e colorado fanático Delcir Sonda, buscando viabilizar alguma contratação mais cara, para saber ao certo vamos ter que aguardar os próximos capítulos desse projeto. 

Opinião final

A torcida colorada não abandonou o clube em nenhum instante ao longo dessa torturosa caminhada em terras desconhecidas, como era a Série B. Em todos os jogos em casa, e até mesmo em muitos jogos fora de casa, não faltou apoio por parte do torcedor. O amor ao clube é incondicional, e após sofrer ao longo desse ano o torcedor do clube do povo merece um resgate do clube, merece uma equipe competitiva no próximo ano, que possa brigar em todas as competições que virá a jogar.

Que a direção possa agir rápido, tanto para definições de comando, quanto para reforços. Não podemos cometer os mesmos erros de outrora, quando a montagem do grupo foi concluída somente em meio a temporada, é preciso definir ao menos 90% do grupo até o início da temporada. Que o pesadelo de 2016 e 2017 não nos assombre mais, que possamos voltar purificados para a elite, fazendo um bom papel na próxima temporada.


Vinícius Silveira  



Compartilhe isto

Posts Relacionados