Palmeiras completa 1000 dias sem marcar um gol de falta

08:49:00

Que o Palmeiras não marca um gol de falta há tempos,  todo torcedor palmeirense já sabe. Mas você sabia que esse jejum chegou a casa dos MIL dias?

Tamanho jejum se escancara, quando o dado do último atleta a aproveitar uma bola parada e marcar gol do adversário, assusta.  O hoje meio-campista do Cruzeiro, Robinho, balançou as redes de falta no confronto diante do Capivariano, em 28 de fevereiro de 2015, pelo Campeonato Paulista. Desde então, seca completa dos jogadores palmeirenses neste fundamento.

Jean chegou a marcar um gol "de falta" no Brasileirão do ano passado. O jogador aproveitou dois toques (Egídio rolou e  Zé Roberto parou a bola) e deixou a sua marca na vitória por 3 a 1 sobre o Santa Cruz, em 18 de junho. Ainda assim, há mais de um ano.

Nesta temporada, Michel Bastos também marcou um gol com apoio de Jean– para anotar outro gol oriundo de bola parada. O camisa 15 venceu o goleiro da Ferroviária, em fevereiro, também pelo Paulista. Em cobrança direta, porém, o gol não saiu.

O jejum palmeirense é tão amedrontador, quando comparado com outros grandes clubes do futebol brasileiro. Todos os outros anotaram pelo menos um gol de falta cobrada diretamente para o gol adversário.

No começo de março deste ano, um levantamento feito pelo UOL Esporte apontou que oito times enfrentavam uma seca de gols no fundamento. Naquela ocasião, Atlético-MG, Cruzeiro, Fluminense e Vasco já tinham feito gol de falta em 2017. Depois dda divulgação desses dados, todas as equipes, com exceção do Palmeiras, conseguiram encerrar o jejum.

Ou seja: "PELO AMOR DE DEUS, ACERTEM UM GOL DE FALTA"! Bueno, Leonardo








Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress









por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados