Após pensar em sair, Borja mostra novo ânimo para 2018

07:53:00

O Palmeiras terá na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a base do time sub-20 campeão paulista. Apenas três jogadores acima da idade limite da categoria (20), estão fora: Daniel Fuzato (goleiro) e Pedrão e Augusto (zagueiros). Os dois primeiros estarão com o elenco profissional, que planeja usar  mais jovens no Campeonato Paulista, enquanto o último será emprestado.

"Augusto, até para pegar rodagem, deve ser emprestado como aconteceu com o próprio Artur. A gente analisa alguns jogadores que com 18, 19 anos não precisam mais destes campeonatos de base, ele precisa cortar o cordão umbilical com a base e estar na rotina do profissional. Isto aconteceu com o Artur, que foi muito bem no Londrina, e com o Vitinho, que está no Barcelona B" analisou João Paulo Sampaio, coordenador geral da base, em entrevista ao LANCE! .

Augusto já treinou com os profissionais no Alviverde, mas Pedrão acabou ganhando espaço, tanto que terá seus direitos adquiridos pelo clube e assinará um contrato de longa duração. O zagueiro faz parte do elenco planejado pela diretoria de futebol para 2018, assim como Daniel Fuzato. O goleiro, um dos líderes do time sub-20, seguirá o processo de amadurecimento treinando com Fernando Prass, Jailson e Weverton.

Estes não serão os únicos a trabalhar com Roger Machado. O técnico do elenco principal acompanhou em Porto Alegre, jogos da Copa RS, em que o time sub-20, mesclando titulares e reservas, acabou com o vice-campeonato. Com um treinador que trabalha sempre em integração à base, o Verdão tem outra vantagem para usar os garotos: o regulamento do Campeonato Paulista. Pois em 2018, a federação autoriza os clubes a inscreverem apenas 26 atletas profissionais (sendo três goleiros) para o Estadual, com uso da base é ilimitado. Esta é uma novidade em comparação aos últimos anos, quando eram 28 inscritos ao todo, sem divisões. Para entrar na categoria é preciso ter 16 anos de idade e ser nascido até 1997, tendo contrato de pelo menos um ano com a equipe, mesmo que emprestado no período, além de ter disputado por este clube um campeonato de base organizado pela Federação Paulista De Futebol.

Fuzato, Pedrão e até Artur, de 19 anos - que jogou emprestado ao Londrina em 2017 -, entram nesta categoria de base livre e não ocuparão uma vaga entre os 26. Tendo de jogar o Paulistão e a Libertadores no começo do ano, o Palmeiras sabe que esta regra aumenta a chance para que os garotos não apenas treinem na Academia de Futebol, mas que em algum momento possam jogar.

"Do time que está no sub-20 temos atletas que este ano já jogaram, como o Fernando (atacante) - que jogou no profissional, no Brasileirão de 2017 - , o volante Gabriel (Furtado) que foi titular contra a Ponte Preta. O Neris é muito bem avaliado, o próprio Maílton, que jogou uma partida festiva contra a Chapecoense, Léo Passos já viajou (com o time profissional). Temos atletas que vão estar aqui com o profissional, integrando. Temos de parabenizar a Federação Paulista por deixar a base livre. Artur, por exemplo, entra em base livre. Gabriel Jesus entraria em base livre, se estivesse aqui - explicou João Paulo.

"Com certeza os jogadores vão ter oportunidade, porque o Palmeiras vai estar em duas competições ao mesmo tempo e tem estes jogadores chamando a atenção. E Taça São Paulo dá muita mídia. Quem se destacar (pode ter chance). Caso do Aldo, nosso meia que foi bem no Paulista, mas foi o melhor jogador da Copa RS, está em crescente. Sabemos da concorrência no profissional, mas com a base livre e as duas competições ao mesmo tempo eles podem aparecer. Concluiu









Foto: Fabio Menotti








por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados