ENTREVISTA LÉLIO

14:32:00
Foto: Éder Martins

A carreira de piloto não é fácil. Lidar com as paixões por um esporte que no Brasil não tem apoio, muitas vezes é complicado e o Vai Que Tô Te Vendo a partir de agora irá trazer entrevistas com esses jovens pilotos. O primeiro piloto entrevistado corre pela fórmula Vee e é de Santos – SP. Com vocês Lélio Assumpção.
Através de um vídeo fiz uma entrevista com o piloto e agora iremos conhecer um pouco mais sobre ele.

Como surgiu a sua paixão pelo automobilismo?

Lélio: A paixão surgiu desde que eu comecei a entender um pouco mais sobre as coisas... com uns 4 ou 5 anos já era apaixonado por carros, motores e velocidade.

Como surgiu a oportunidade de correr pela Fórmula Vee?

A oportunidade surgiu, pois procurei alguns cursos de pilotagem e achei em Interlagos, mas como todo ano, Interlagos estava fechado para reforma da F1.
Então enviaram meu contato pra FPromo e me chamaram pra um curso em Piracicaba de FVee.
No começo a ideia era turismo, mas depois de andar de Fórmula, tive certeza do que eu queria pro resto da vida...

Como é ter Wilson Fittipaldi nos boxes?

Ter o Wilson com a gente é um prazer  inexplicável, pois aprender com alguém com tanta história no automobilismo e principalmente na Formula 1, é provavelmente um sonho de muitos.

Como foi o início no Kart?

Nunca andei de Kart antes da FVee...
Minha primeira corrida de Kart foi após uns 6 meses andando na FVee.

O que mudou na vida sua para poder correr?

Depois que tive meu primeiro contato com o Automobilismo, minha vida e da minha família mudaram completamente.
Primeiro, pois nunca sonhamos que isso seria possível por questões financeiras. Mas graças ao apoio da família e patrocinadores o sonho se tornou real.

O que espera para o futuro?

No futuro, espero continuar correndo em outras categorias de Formula e como a maioria, o sonho é chegar na Formula 1... e nada vai me fazer mudar de ideia, até que eu perceba que é algo impossível.

Como foi a trajetória até a Fórmula Vee?

Como nunca tinha andado de Kart, foi muito difícil conseguir um bom resultado e pensei em desistir, porém o amor por esse mundo do automobilismo e a vontade de vencer foram maiores.
Então insisti e me dedico até hoje, o máximo que eu posso. Tive que sair do meu trabalho pra me dedicar o máximo possível, já que além da paixão, quero um carreira no automobilismo.
Graças a ajuda de toda a família, Wilson Fittipaldi e por incrível que pareça até alguns que gostaria de citar o nome, Cristiano Denardi e Zigomar Jr., venho crescendo a cada volta na pista e estou muito satisfeito com o meu resultado em apenas 9 meses.
Em março fiz minha primeira corrida em Curvelo garantindo o 6° e 5° lugares de 10 carros no grid.

Após isso, fui Vice Campeão em Piracicaba, 4° lugar na copa de Curvelo - MG, Campeão em Campo Grande, além de bater o record da pista com a volta mais rápida, fiquei em 8° no Campeonato Paulista, e segundo colocado na décima etapa por 0.020s atrás do líder. Acho um ótimo resultado para o primeiro ano, correndo com pilotos com anos de experiência, campeões em outras categorias e até um campeão Norte Americano de Formula Vee.


Foto: Julio D´Paula

Foto: Julio D´Paula

Foto: Julio D´Paula

Foto: Julio D´Paula

Foto: Julio D´Paula

Foto: Éder Martins 

Compartilhe isto

Posts Relacionados