Contra o Corinthians, São Paulo perde segunda partida em quatro jogos

10:41:00

Falha de marcação do São Paulo contra o Corinthians (Foto: Reprodução)
Falha de marcação do São Paulo contra o Corinthians (Foto: Reprodução)

São Paulo e Corinthians fizeram o primeiro clássico paulista do ano, os dois times vinham de vitórias na rodada anterior, mas a imagem  bem mostra onde o São Paulo perdeu o jogo: falhas terríveis de marcação contra um time que se acostumou a jogar fechado e dando muita liberdade para o rival fazer o que quisesse com a bola, tanto que logo no primeiro minuto de jogo, já saiu o gol alvinegro em que Jadson se aproveita muito bem disso e chega na frente de Sidão. Repare a distância enorme da zaga composta por Ânderson Martins e Rodrigo Caio.

Verdade que o time tricolor por boa parte das vezes tinha a posse da bola, mas de nada adianta essa estatística tão valorizada por técnico, narrador e comentarista se o gol a favor não sai e o time tricolor criou mais jogadas pela direita, onde Éder Militão em escanteio quase marcou de cabeça e depois Shaylon acertou a trave, mas foi outra revelação de Cotia que empatou o jogo: Brenner, que recebeu passe rasteiro do lateral-direito Éder Militão (pode jogar como volante ou zagueiro, mas deu tão certo improvisado como lateral-direito que ganhou a posição de Bruno) tocou para o fundo das redes e fez 1x1.

Depois a marcação são-paulina melhorou, mas novamente falhou na defesa onde em cobrança de escanteio do Corinthians, ninguém parou Balbuena que decidiu ainda no primeiro tempo a vitória para o time alvinegro: 2x1.  

O São Paulo entra em campo na próxima quarta, contra o Madureira, pela estreia na Copa do Brasil-18: o jogo será no estádio do Café em Londrina-PR e o confronto da primeira fase será decidido em um jogo só, com o tricolor tendo a vantagem do empate para a classificação.

Rumo à vitória, São Paulo!



Equipe São Paulo: Twitter | Facebook






Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados