CAGADA TRICOLOR!!! Da euforia pelas vitórias à agonia das duas derrotas seguidas

14:58:00

Cueva perde pênalti no último minuto contra o Ituano (Foto: Marcos Ribolli)
Cueva perde pênalti no último minuto contra o Ituano (Foto: Marcos Ribolli)

Muito antes de avaliar o jogo contra o Ituano, vale voltar um pouco no tempo: antes do jogo contra o CSA, que foi na quinta passada, o São Paulo oficialmente jogaria pelo Paulista contra o Ituano dia 14 e pela Copa do Brasil ontem - mas o time alagoano alegou compromisso pelo estadual quando consultado pela CBF semanas antes e o São Paulo se calou em atitude parecida com a do árbitro de vídeo, quando o presidente do clube, em "compromisso importante" abandonou a reunião antes de votar -.

Dorival Júnior conversa com Cueva em derrota do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)
Dorival Júnior conversa com Cueva em derrota do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

A bagunça foi feita porque depois o clube paulista "lembrou" do compromisso pelo estadual contra o Ituano e já possuía logística definida, portanto, também tinha mais um motivo para acharem outra data - acabou sendo 15 contra o CSA e 21 contra o Ituano - , além da suspensão do zagueiro Rodrigo Caio, que tinha tomado o terceiro amarelo contra o Bragantino e inicialmente estaria suspenso contra o Ituano, mas com as mudanças de datas, a cumpriu contra o Santos - e todos lembram o que houve no jogo e a repercussão dele - e voltaria em Itu, deixando o clube tricolor com uma partida a menos no estadual.

O time teve duas oportunidades para somar 3 pontos e assim ter uma folga no próprio grupo e se distanciar da Ponte e desperdiçou: agora soma duas derrotas seguidas. 

Diante da logística bagunçada feita pela diretoria, escalações e até algumas substituições erradas também, declarações seja em coletivas antes ou pós jogo ou entrevistas concedidas por Dorival Júnior, o ambiente tricolor que estava relativamente tranquilo, está agora mais tenso.

Ontem praticamente só deu Ituano e no primeiro tempo, viu-se algo diferente no São Paulo - um pouco mais de velocidade, mas faltando conclusão a gol - e logo Ituano "gostou do jogo", o São Paulo desanimou e tomou o gol e o primeiro tempo acabou mesmo 1x0.

Já no segundo tempo, Dorival fez duas substituições ainda no intervalo colocando Valdivia e Tréllez, tirando Nene e Diego Souza e o time deu uma melhorada, tanto que logo no começo, Cueva empatou, mas depois em erro de marcação na própria área em escanteio do Ituano tentando disputar bola aérea, não teve o que fazer e o Ituano fez o gol da vitória, mas o peruano ainda teve chance de empatar no último minuto em cobrança de pênalti: o goleiro Vagner - ex - Palmeiras - defendeu.

Rumo à vitória, São Paulo!




Equipe São Paulo: Twitter | Facebook

Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados