Nene desencanta, Sidão segura lá atrás e São Paulo garante terceira vitória seguida.

11:27:00


Diego Souza tem atuado como centroavante no São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)
Diego Souza tem atuado como centroavante no São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Dorival ousou na escalação contra o Bragantino: colocou Nene (por sugestão do jogador, pediu para retirar o acento na grafia) e Cueva para jogarem juntos e ver como o time reagia em campo e nem precisou esperar muito porque logo aos 2 minutos, Nene já foi derrubado na área: pênalti muito bem marcado, que ele mesmo converteu, fazendo 1x0 São Paulo.


A formação do Tricolor que iniciou a partida contra o Bragantino (Foto: Marcos Ribolli)
A formação do Tricolor que iniciou a partida contra o Bragantino (Foto: Marcos Ribolli)

Durante o primeiro tempo, via-se um São Paulo rápido, que criava chances e não as aproveitava - o jogo poderia ser definido ali -, um Bragantino meio desorientado que parava com muitas faltas os jogadores do São Paulo e praticamente chegava pouco à meta de Sidão, parecendo o prenúncio de um jogo fácil e de uma goleada tricolor, certo? Erradíssimo.

Segundo tempo: Bragantino adiantou a marcação - era o esperado - e forçou erros de passe do São Paulo, que ficou desorientado, não conseguia chegar para finalizar e aí, quando parecia que o jogo estava praticamente definido porque o time de Bragança - campeão paulista em 90 - não chegava, começou a assustar, exigindo defesas difíceis de Sidão, grande responsável pelo zero do placar adversário e pelo terceiro jogo seguido sem a defesa tricolor ser vazada.

No fim, mais uma vitória - contando a da Copa do Brasil, a terceira seguida - com quatro gols marcados nesses três jogos e nenhum sofrido, verdade que teve vaias da torcida ao fim do jogo e não era para tomar a pressão que teve do Bragantino, mas o que vale foram a vitória conquistada e os 3 pontos, manter a chance de classificação no estadual e melhorar o time para o próximo jogo - Ituano dia 15 - .

Rumo à vitória, São Paulo!


Equipe São Paulo: Twitter | Facebook


Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados