Willian marca, Jaílson resolve e Palmeiras vence o Santos

14:38:00

O Palmeiras venceu por 1x0 o Santos, com gol marcado por Willian 'Bigode'. Mas se pudesse transferir a vitória ao goleiro Jaílson, deveria ser feito. Haja vista que por quatro oportunidades (duas em cada tempo se jogo), o camisa 42 salvou a pátria alviverde.

Até os 30 minutos da primeira etapa - inclui-se o gol aos 12' em jogada bem trabalhada entre Keno, Dudu, Bruno Henrique e Willian -, o Palmeiras massacrou o Santos. Troca de passes, velocidade e três chances de gol criadas. Acabaram não fazendo falta essas chances, muito em função da atual fase espetacular do Pantera Negra palmeirense.

Tudo bem que o goleiro vive para a priori, vive para evitar o gol rival. Mas não era necessário tanto trabalho. O Palmeiras abdicou de atacar e muito sentiu o cansaço na etapa final. As linhas de marcação, antes firmes e avançadas, acabaram recuando muito e perderam firmeza. Confesso que me assustei e cheguei a temer pelo pior, por um determinado período.

Mas o tempo foi passando, Jaílson o ataque rival foi controlando e minha raiva amemizando. Problema foi ver uma equipe minguar fisicamente e ficar na etapa final a mercê de seu goleiro. Ah, mas a temporada é longa e cansativa desde os primeiros dias do ano, é desumana e blá blá blá. Mas o Palmeiras têm um elenco vasto, de qualidade e multifuncional. Esse mesmo elenco foi preservado por algumas vezes, e possui alternativas para substituir lesionados e fadigados.

A vitória veio e a vantagem também. Mas Roger Machado sabe que para seus comandados retornarem a final do Campeonato Paulista após 10 anos, é necessário manter um equilíbrio sobre o rítimo de jogo de seus comandados, e manter boa intensidade de jogo. Pois se a oscilação reaparecer, ela poderá cobrar um preço alto.

Traduzindo: O Palmeiras jogou +30', dependeu de Jaílson por +60', e está a +90 minutos da decisão.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 0 x 1 PALMEIRAS

Local: Pacaembu, em São Paulo-SP

Data: 24 de março de 2018, sábado

Horário : 19h (de Brasília)
Público: 16.916 pagantes (19.546 presentes)

Renda : R$ 723.270,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes : Danilo Ricardo Simon Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos

Cartões amarelos: Daniel Guedes e Alison (SAN); Thiago Santos e Dudu (PAL)

GOL
Palmeiras: Willian, aos 12 minutos do 1º tempo

SANTOS : Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison; Eduardo Sasha, Renato (Vitor Bueno), Diogo Vitor (Rodrygo) e Arthur Gomes (Jean Mota); Gabriel. Técnico: Jair Ventura

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha (Tchê Tchê), Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Moises) e Lucas Lima; Dudu, Keno e Willian. Técnico: Roger Machado











Foto: Djalma Vassão













por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados