Que San Genaro nos ajude. Porque assim não dá! (Palneiras 1x0 Inter)

11:25:00

A vitória foi muito importante para readquirir parte da moral da equipe, que foi perdida com os insucessos das últimas partidas. Mas não se engane torcedor. O resultado foi melhor que o desempenho, e mascarou o real quadro patético da equipe.

Para você que sente nojo da torcida cantando "Dudu Guerreiro", eu desejo que você pegue esse nojo e enfie no seu orifício anal. Pois o capitão alviverde é um dos poucos jogadores que individualmente se salva, e que de fato agrega ao conjunto da equipe.

Felipe Melo fez sua pior partida com a camisa alviverde - conseguindo superar sua horrenda atuação diante do Botafogo, a qual ele foi decisivo no gol sofrido pelo Verdão -, e se mostra numa fase técnica ruim. Assim como Borja, que perdeu um gol que, nem Jesus na causa pode explicar. Goleiro caído, gol escancarado e... ele CABECEOU SOBRE O GOL. A paciência com ele, está se esgotando. Se seu forte é o toque final para o gol, que faça valer isso. Perder gols só o irá atrapalhar, e atrapalhar a equipe. Keno correu, correu, se doou, correu e cansou.

A zaga teve uma troca de peças: Saiu Thiago Martins (Graças a Deus), e entrou Edu Dracena. Dracenão enquanto teve fôlego, se mostrou seguro  Após isso, precisou dos auxílios de Diogo Barbosa e Antônio Carlos para cobrirem suas marcações. Já que Bruno Henrique anda apenas prestando para chutar de média distância e olhe lá, e Felipe Melo deixa uma porta aberta para o meio campo rival adentrar o ataque, a zaga se viu em apuros para não ser vazada. Se não fosse Jaílson e sua segurança embaixo das traves, o Internacional teria feito ao menos um gol.

Lucas Lima teve uma leve melhora. Pelo menos evoluiu, já que a maioria da equipe anda de regular para ruim. Ele cometeu um pênalti sim. Foi tentar dar o bote e errou. Acertou Nico Lopez e sim, a arbitragem beneficiou o Palmeiras.

O adversário merecia algo além do empate? Não! O lado vermelho de Porto Alegre terá muitaa dificuldades no Brasileirão. De 10° pra baixo, tranquilamente. E por que digo isso? Porque o Palmeiras jogou no mesmo nível do Colorado. O que é inaceitável, diante do cenário do Palmeiras ter apresentado um futebol muito mais consistente na temporada.

Resta agora torcermos para que na garra e determinação, o Palmeiras consiga um bom resultado na Bombonera. Pois a equipe teve três dias efetivos para se reajustar tecnicamente, taticamente e fisicamente. Teve tempo para voltar a jogar, ao menos 25℅ do que já apresentou na temporada. Não conseguiu. Preocupa? Em absoluto! Equipe pregada por correr errado, com erros crassos de passe e posiciona
ento, e com certos momentos de insegurança.

Se cobra forte, porque sabemos que a equipe pode representar de forma muito mais forte e contundente. Roger Machado sabe disso, e será na base da conversa e de alguns vídeos do adversário, já que tempo para treinar, não haverá. E sabe também que precisa parar de ser previsível, e buscar novas soluções em jogo. Não somente em treino. E isso virá apenas durante 'recuperação' física para a viagem rumo à Argentina. Boca Juniors é a nova 'Guerra', e o papo agora é Libertadores.

Que San Genaro nos abençoe e nos proteja. Porque assim, não dá!








Foto: Cesar Greco









por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados