Baladão do Borjão! Palmeiras 3x0 Bahia

13:40:00

Jogo no sábado à noite, às 21:00 horas e numa friaca que pairava o Allianz Parque, não afastaram o torcedor alviverde de seu time. Muito porque a equipe ajudou, e se apresentou bem diante do Bahia. Venceu e convenceu na sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol de Willian Bigode aos três minutos da etapa incial, foram cruciais para a exibição em clima de paz. Tudo bem que o Bahia teve duas chances claras de gol , sendo uma delas logo após o primeiro tento palestrino e que terminiu acertando a trave. Mas o Bahia em nenhum momento se mostrou eficiente e agressivo o suficiente para ter uma sorte melhor.

Diante um placar adverso e plano de jogo alterado após sofrer gol com cerca de 100 segundos de partida, a equipe soteropolitana teve que buscar atacar o Palmeiras praticamente o embate todo. E propôr jogo diante do Palmeiras, é um erro. No caso de ontem (19), erro fatal.


Como o sistema defensivo baiano não esteve firme, e o ataque não esteve tão inspirado - muito em função de uma boa marcação palmeirense -, o Palestra soube se impôr e mostrar um futebol. Ofensivemente a equipe agradou, e defensivamente se portou bem. Apesar das falhas pelo lado direito do sista defensivo, e principalmente de Marcos Rocha.

Rocha que ofensivamente segue muito bem, obrigado. Prova disso, foi o segundo gol palmeirense. Numa jogada que lembrou o 2° tento marcado contra o Atlético-PR em Curitiba, duas semanas atrás. Desta feita, o camisa 2 cruzou a bola e encontrou Antônio Carlos no meio de CINCO defensores do adversário. Tonho apenas teve o trabalho de emburrar a gorduchinha pro fundo da casinha. Panorama seguiu o mesmo, com a chance de meia bicicleta por parte de Zé Rafael, e um Palmeiras buscando mais gols.

Na etapa final de peleja, o Bahia afrouxou a marcação e atacou menos do que no 1° tempo. Maior exemplo disso, foi o terceiro e derradeiro gol verde na partida. Felipe Melo desarmou e iniciou a jogada que foi construída com bons passes e de forma vertical, culminou numa assistência de Lucas Lima, para Borja finalizar como centroavante nato que é.

Gregory ainda cabeceou uma bola no travessão, na chance mais clara dos visitantes na segunda etapa. Mas Willian Bigode perdeu um gol nota 9,68 na escala 'Nilson' de gols perdidos. Sem goleiro, marcador afastado e gol aberto, 'Bigode' acabou assassinando a bola e acertando o travessão. Gol que não fez falta, mas que vale uma cornetada.

No geral, o conjunto funcionou bem e voltou a mostrar uma liga vista durante a temporada. Mesmo com Keno um pouco abaixo, o ataque funcionou. Lucas Lima se mostrou ativo e voluntarioso - após alguns jogos abaixo da crítica -, e alguns testes realizados por Roger Machado.

Guerra, Hyoran e Lucas Lima jogaram juntos pela primeira vez, sendo também a 'estreia' do dueto Lucas Lima -  Alejandro Guerra, tão pedido pela torcida e parte da imprensa.

Mas destaque maior, vai para mais uma boa partida de Miguel Ángel Borja ('Bôr - rá' e não 'BÓR - JÁ'). Borjão para a torcida. O camisa 9 esteve muito bem na função de pivô, atuando pelos lados do campo e com presença de área. Deu assistência, ajudou na marcação e se mostrou solidário e atento.

Como disse o brother Bruno Massa, na transmissão da Web Rádio Verdão: "BORJA ESTEVE ON FIRE!". E fez valer a pena acompanhar sua última partida antes de se apresentar a Seleção Colombiana, para a disputa da Copa Do Mundo.

Um até breve com estilo, com camisa jogada a torcida e devolvida pelo torcedor (vejam os materiais que postamos links em nossas redes sociais, em que Rodrigo Fragoso [Esporte Interativo] e Bruno Lima [Nosso Palestra] fizeram com esse torcedor), e que fizeram parte do 'Baladão do Borjão.


FICHA TÉCNICA DE PALMEIRAS 3X0 BAHIA

Data: 19 de maio de 2018

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Público: 26.351

Renda: R$ 1.517.906,22

Cartões amarelos: Borja (SEL), Lucas Lima (SEP), Antônio Carlos (SEL); Lucas Fonseca (BAH), Júnior Brumado (BAH)

Gols: Willian (SEP), aos 2'  1ºT; Antônio Carlos (SEP), aos 32' 1ºT, Borja (SEP), aos 41' do 1ºT.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Keno (Guerra) e Borja (Hyoran). Técnico: Roger Machado.

BAHIA: Douglas Friedrich (Anderson); Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Flávio), Zé Rafael e Élber; Júnior Brumado (Régis). Técnico: Guto Ferreira.










Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press











por: Leonardo Bueno

Compartilhe isto

Posts Relacionados