Inter vence com autoridade, que siga assim.

15:40:00
Lucca marcou seu primeiro gol e deu assistência para outro. Foto: Internacional/Ricardo Duarte
O Internacional não fez mais que sua obrigação, nada mais justo que vencer, ainda mais um time chato feito a chapecoense que costuma incomodar os vermelhos (lembrando que o Inter é uma ótima esfera do dragão ~pobre shenlong~, consegue dar forças e sobrevida para alguns Kuririns do futebol), menos mal que ontem não foi bem assim. Desde os primeiros minutos na etapa inicial da partida a turma de Odair foi sempre movendo-se pensando em balançar a rede de Jandrei, inclusive com Dourado lançando para Pottker, mas o guarda-redes do time catarinense se adiantou e fez a defesa. Aos 10min Damião desperdiçou uma chance de ouro após a cabeçada de Iago, porém já havia impedimento, está difícil para o centroavante colorado chegar ao centésimo gol pelo clube.

As bolas paradas também deram um suporte a mais para os jogadores, querendo ou não, pois todos notaram que dava para vencer a partida, não necessariamente na bola parada, mas indiretamente serviu de alerta. A Chapecoense,se teve uma chance foi muito, e olhe lá ainda. Vale dizer que o esquema de Odair de certo modo deu certo, ele não é tão “pardal” como alguns pensam. Lembra quando falei do azar de Damião? O mesmo converteu em gol seu esforço ao dar uma “meia puxeta” para Edenilson e volante com um toque sutil escorando a bola para Lucca marcar seu primeiro gol com a camisa vermelha. E ficou nisso.

O segundo tempo foi o diferencial para liquidar a fatura, e recordando sobre a bola parada ser um alerta mostrando uma possibilidade de vencer. Lucca após cobrar fez Rodrigo Moledo marcar um gol jogando no Inter após 5 anos, merecido pois vem jogando MUITO. Odair merece mérito também, mexeu bem, soube substituir sem afobação. Acho que cansou de testar a paciência da torcida (risos). Com a entrada de Rossi e Nico Lopez, obteve mais abertura e velocidade. Não foi à toa que Rossi cruzou para Michael Kyle, digo, Patrick fechar o placar de cabeça. 3x0 Internacional. Quero destacar as atuações dos Rodrigo’s, Moledo e Dourado, e claro Lucca. Os melhores na partida.

O próximo desafio é contra o time aquele, aquele mesmo que joga com 12° jogador, no beira-rio, domingo dia 27 às 16h.


Compartilhe isto

Posts Relacionados