Para dar confiança: São Paulo vence clássico e quebra sequência de empates

20:08:00

Diego Souza comemora o gol do São Paulo contra o Santos (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Diego Souza comemora o gol do São Paulo contra o Santos (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

São Paulo e Santos foram para o clássico com motivações diferentes: o time tricolor, depois de tantos empates, precisava voltar a vencer no Brasileirão após um mês - a única tinha sido na estreia em 16 de abril contra o Paraná - e o alvinegro porque não vencia fora de casa e estava próximo da zona de rebaixamento: vencer era necessidade para ambos, empatar talvez pudesse ser bom resultado e quem perdesse, ficaria próximo de entrar em crise e ameaçar o cargo do seu técnico.

Quando as escalações foram anunciadas, o São Paulo já tinha algo de diferente: em vez dos tradicionais 3 volantes, só 2 - que alívio! -, já que Liziero foi poupado e começou no banco, assim como na zaga, Arboleda novamente deu lugar a Anderson Martins, que acabou sendo um dos destaques ao lado de Bruno Alves.

São Paulo tem meta de estar entre os líderes até a parada para a Copa do Mundo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net )
São Paulo tem meta de estar entre os líderes até a parada para a Copa do Mundo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net )


O São Paulo já começou atacando com velocidade e confundindo os jogadores do Santos: chegou logo com 1 minuto num ataque para fora de Diego Souza e depois o camisa 9 teve outras chances também, Nene chutou uma na trave também e o time santista totalmente desorientado, tanto que o principal atacante Gabriel - está longe de honrar o apelido que a imprensa e a torcida santista lhe deram - pouco ameaçava o goleiro Sidão e o time santista também não fazia muita coisa, já que era facilmente desarmado pelos são-paulinos. Os melhores jogadores do Santos não produziam e não chegavam e o São Paulo atacava com velocidade, mas o primeiro tempo terminou mesmo 0x0 - placar totalmente injusto, que não mostra o que foi o jogo - .

Já no segundo tempo, o gol não demorou a sair e em excelente leitura da jogada, Diego Souza correu para a área enganando o zagueiro santista David Braz e recebeu lançamento certeiro de Everton: o camisa 9 deu uma excelente cabeçada, sem defesa para Vanderlei e fez 1x0 São Paulo para delírio de mais de 40 mil são-paulinos no Morumbi. O time tricolor teve mais chances para ampliar, mas o ritmo intenso do primeiro tempo e a forte marcação imposta pelos jogadores fizeram com que cedessem ao cansaço no fim da partida e mesmo com o Santos assustando e fazendo Sidão trabalhar algumas vezes, o São Paulo não conseguiu ampliar o placar, mas acabou não sofrendo o quinto empate seguido e mesmo com dez jogadores no fim do jogo - Anderson Martins, que já tinha tomado cartão amarelo, fez cagada numa dividida com o jogador santista e entrou de forma mais dura e tomou o vermelho, mas no fim, veio a vitória tricolor sobre o único time que venceu o São Paulo no Morumbi nesse ano - um feito e tanto, vale ressaltar - .

Rumo à vitória, São Paulo!

                                                                                   
                                                          
                                     Equipe São Paulo: Twitter | Facebook
                                           por @ManoelRocha4 


Compartilhe isto

Bacharel em Direito, acompanha futebol desde sempre e dá seus pitacos quando é e quando não é chamado. Ama o S.P.F.C. incondicionalmente e despreza os rivais, a menos que estejam em boa fase, nesse caso, os odeia.

Posts Relacionados