O que representa o "Dia da paixão palmeirense"?

20:20:00

O dia 12 de junho é sabidamente dia dos namorados, mas não é para nós palmeireses a data mais especial a ser celebrada. Já que no " Dia Paixão Palmeirense", cabe uma efusiva e merecida celebração sobre o fim da fila. O fim do jejum, e da reviravolta num cenário adverso e provocador, diante do maior rival, naquele inesquecível ano de 1993.


E para isso, cinco dos colaboradores do Palmeiras no VQTTV relatam sobre o que é o real sentimento da data celebrada no dia de hoje.


-- A histórica conquista de 93 em cima do maior rival, ficou eternizada na vida de todos nós palmeirenses. Dos pés do ídolo Evair, em cobrança de pênalti, saiu o 4° gol, que colocaria o Palmeiras de volta a sua trajetória de títulos. Naquele dia frio, de 12 de junho de 1993, no apito final, a explocao foi imensa, o Brasil e os palmeirenses pelo mundo inteiro comemorava aquele título que foi um dos mais bonitos da história do Palmeiras. -- Disse Ana Lima.


Para Pablo Noveli, a data foi libertadora.

-- Libertador e não era uma Copa libertadores. Não dormimos, passamos a semana inteira com frio na barriga. Eram 17 anos sem títulos, com namoradas de Palmeirenses que tinham duas opções: torcer ou perderem juntas. Ao soar o apito inicial, logo saiu o primeiro gol.

Vieram o segundo, o terceiro e o quarto gols. E assim nasceu naquele dia, o amor da torcida por Evair. Cresceu ainda mais o amor dos Palmeirenses pela pátria amada Palmeiras, e assim goleamos o rival para tornarmos a sermos campeões.


Já para Diego Oliveira, a data significa muito mais que umk título. Significa uma "segunda pele".

-- Ser palmeirense é ser diferenciado. Seguir tradições e honrar as origens, ter sempre orgulho de vestir essa camisa independente do momento. É colocar o Palmeiras em primeiro lugar, sentir-se como se fosse sua segunda pele, porque nosso combustivel. É o amor pelo time, puro e verdadeiro de quem ama o clube, como foi visto naquela data.


E Segundo Leonardo Bueno, a data é emblemática pelo verdadeiro espírito palmeirense.

-- A data para mim representa o verdadeiro espírito do futebol. Técnica aliada a raça, aliada a gana de vencer. Esquema tático ajudou. Pois foi o "Ganharemos essa porr* diante do maior rival, e calaremos a boca deles". Não apelamos para a violência, e jogamos de uma forma especial aquela decisão. Vejo ali a melhor forma de expressar o significado da expressão 'coração na ponta da chuteira'. Foi um título inesquecível, mágico, especial. Foi um título com a cara do Palmeiras.


Foto: Reprodução/Redes Sociais








Compartilhe isto

Posts Relacionados